Para Sempre

 

Foto: Fabiana Dombrowsky
Foto: Fabiana Dombrowsky

“Por que Deus permite
que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite,
é tempo sem hora,
luz que não apaga
quando sopra o vento
e chuva desaba,
veludo escondido
na pele enrugada,
água pura, ar puro,
puro pensamento.
Morrer acontece
com o que é breve e passa
sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça,
é eternidade.
Por que Deus se lembra
– mistério profundo –
de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho.”

Carlos Drummond de Andrade

 

 

Publicado por Fernanda D`Angelo

Pode me chamar de Fê, se preferir! Comunicadora nata, me formei em jornalismo e sempre gostei de escrever. Amo dividir inspirações que nos fazem sentir leve, especialmente quando se trata de bem-estar, cuidados com a gente, decoração e experiências de vida como a prática do yoga, conhecer lugares e descobrir coisas... Há três anos me aventurei na maternidade e com essa missão encontrei um universo infinito de aprendizados e transformações. Por isso, explorar esse assunto é também uma forma de expandir o meu lado “mãe”. Aqui, pretendo partilhar minhas experiências e abordar temas com um olhar sutil e receptivo para mulheres que, diante de mil tarefas e cobranças, querem se sentir abraçadas e menos julgadas. Pois acredito que a vida se torna ainda mais interessante quando as experiências são compartilhadas e as emoções acolhidas. Seja bem-vinda e sinta-se em casa!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: