Redes sociais pra que te quero?!

Redes sociais pra que te quero?!

Em tempos onde a internet é a bola da vez, nós, usuários dela (incluindo adultos e crianças), estamos sujeitos a nos deparar também com o seu lado obscuro. Por isso, precisamos urgentemente nos voltar para essa ferramenta que veio para facilitar o nosso dia a dia com um olhar muito atento. Recentemente, a boneca mórbida e aterrorizante Momo virou notícia internacional por aparecer durante vídeos infantis no YouTube, amedrontando crianças e manipulando-as ao caminho do suicídio. Isso é apavorante. É o ápice da maldade do ser humano por traz de toda tecnologia. Diante desse fato que correu o mundo todo, matérias muito bem intencionadas surgiram com intuito de instruir os pais em como agir com relação a forma como os seus filhos interagem nas redes sociais, sobretudo no YouTube. O diálogo é o principal ponto de partida. Com ele, a criança tem um norte dos seus pais de como utilizar o entretenimento que a internet proporciona de maneira saudável, sem correr riscos, pois infelizmente estamos sujeitos a coisas muito negativas do outro lado da tela do celular, tablet ou computador.

Nós, como pais, sabemos da grande responsabilidade que temos na mão e textos nos instruindo sobre como agirmos com nossos filhos em relação ao assunto são sempre muito bem-vindos. Mas, aquela velha história de que primeiro precisamos olhar o nosso umbigo antes de observar o entorno vem à tona, por mais que se trate dos nossos filhos, já que para prestarmos atenção neles precisamos estar presentes não só em matéria, mas de corpo e alma também. E se tem algo que a internet faz é tirar muitas vezes a nossa atenção das pessoas com quem estamos e amamos. Nos desconectarmos de qualquer rede social durante o tempo com família e amigos é crucial, pois para aproveitar esses momentos é importante se perceber, notar o entorno. Sim, muitas vezes é um desafio, eu sei, a internet elevou na potência máxima o nosso pensamento e sensações que queremos estar online all the time! Porém, não é impossível ficar off durante horas, dias… Já fiquei várias vezes sem redes sociais e até celular. Das vezes que quebrei um aparelho parecia até um sinal para eu trabalhar a relação com as redes sociais em mim. Por isso digo, ficar off é benéfico para a gente e consequentemente para as pessoas ao nosso redor. Você já adotou algumas dessas atitudes abaixo? Se sim, o que achou? Se não, que tal tentar? Hihi 😉

– De manhã, evite olhar o celular assim que acordar, pois, quando não faz isso, o olhar celular deixa de ser prioridade do dia e você acaba esquecendo dele um pouco pelas próximas horas.

– Controle o seu tempo no celular! O insta, por exemplo, tem a função de programar o tempo que você passar dia olhando essa rede social.

– Pratique esportes. Caminhar, por exemplo, traz benefícios para o cérebro e libera serotonina, o mesmo hormônio, que segundos especialistas, liberamos quando as pessoas curtem nossas publicações nas redes sociais.

– Desligue o celular na hora de dormir ou fique longe dele. Ir dormir logo após ficar na rede social pode liberar uma pilha errada na gente e nos trazer certa ansiedade.

 

 

2 comentários sobre “Redes sociais pra que te quero?!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s