Ter ou não ter, eis a questão

Olá, chicas!

Alguém viu o texto “Então, não tenha filhos”, do palestrante Marcos Piangers, que circulou no Instagram por esses dias? E aí, o que acharam? Para quem não leu, la vai ele aqui:

“Não que eu seja o melhor palestrante de escola, mas o convite tem acontecido cada vez mais frequentemente. Não pra palestrar para crianças, mas pra pais. Algumas dão até o nome de Escola de Pais. Parece que os pais estão perdidos, omissos, distantes. Eu falo por mais de uma hora, mas o que as escolas querem mesmo que eu diga é só uma coisa: vocês têm que participar mais. Mas eu não tenho tempo, diz um pai. Estou na correria do dia a dia, diz outro. Mas tenho que pagar as contas, diz uma. Mas trabalho o dia todo e de noite tenho academia, diz outra. ENTÃO, NÃO TENHA FILHOS. Não tenha filhos se você não tem tempo, se tem muitas contas para pagar, se precisa ir na academia. Não tenha filhos se está muito cansado, se não tem saco para lidar com criança. Não tenha filhos. Uma proprietária de creche me contou que um pai chegou ao ponto de pedir para abrir a escola sábado e domingo, para ele deixar o filho lá no final de semana também. “Trabalho a semana toda e no fim de semana preciso dormir”, disse ele. ENTÃO, NÃO TENHA FILHOS. Entendo que filho se tornou uma moeda social, algo para gente tirar foto bonita e colocar no Instagram. Mas não tenha. Se não tiver tempo, paciência e dedicação, não tenha. Seja feliz sem filhos. E se já tem, então crie. Crie com todo amor e carinho. Crie com menos gastos e mais tempo junto. Filhos exigem reorganizar tudo o que você estava fazendo. Dura uns vinte anos. Vai passar rápido. Quando você menos esperar eles crescem e vão embora. Dai você faz o que quiser. Se é para ter filho, só preciso mesmo dizer uma coisa: você precisa participar mais.”

Embora, a frase escrita em caixa alta “ENTÃO, NÃO TENHA FILHOS” seja impactante, faz total sentido dentro da mensagem que o Piangers quer passar. Nós, mães e pais, nos deparamos com o desafio diário da doação, da renúncia, e em tempos onde a vida “off” dá cada vez mais espaço para o “on”, temos que nos recondicionar o tempo inteiro para participar de forma inteira na vida dos filhos. Sinto que é um exercício constante, árduo e diário. Mas, partindo do pressuposto do palestrante em que postar fotos ‘fofas’ virou uma necessidade como comer e dormir, se tornando mais importante do que certos valores como sentar-se à mesa em família, as palavras de Piangers é um chacoalhão de verdades.

O mundo muda o tempo inteiro e à medida que acontecem essas modificações precisamos nos atualizar enquanto pais. Falando sobre hoje, percebo a importância de sermos pais conscientes e presentes para um futuro mais saudável dos nossos filhos.

O que acham? Desejemos boa sorte a nós, sempre! Bjssss

Publicado por Fernanda D`Angelo

Pode me chamar de Fê, se preferir! Comunicadora nata, me formei em jornalismo e sempre gostei de escrever. Amo dividir inspirações que nos fazem sentir leve, especialmente quando se trata de bem-estar, cuidados com a gente, decoração e experiências de vida como a prática do yoga, conhecer lugares e descobrir coisas... Há três anos me aventurei na maternidade e com essa missão encontrei um universo infinito de aprendizados e transformações. Por isso, explorar esse assunto é também uma forma de expandir o meu lado “mãe”. Aqui, pretendo partilhar minhas experiências e abordar temas com um olhar sutil e receptivo para mulheres que, diante de mil tarefas e cobranças, querem se sentir abraçadas e menos julgadas. Pois acredito que a vida se torna ainda mais interessante quando as experiências são compartilhadas e as emoções acolhidas. Seja bem-vinda e sinta-se em casa!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: