Mãe na real, Pausa para um papo, Sem categoria

Saudade na pandemia

Imagem Pexels

É domingo. Dia da saudade, da nostalgia. Reviro memórias, me remeto às lembranças, resgato partes de mim lá atrás e que me construíram quem sou hoje. Das macarronadas em família às bagunças entre mim e meus irmãos misturadas com brigas e brincadeiras, dos melhores momentos em fotos às mais inspiradoras palavras em cartas.

Saudade é tecer recortes que o tempo não desfez. É degustar simultaneamente o sabor doce de cenas vividas guardadas eternamente num canto e provar o amargor de uma imagem que ficou lá atrás.
Pelo olfato, revivo aromas de um tempero, de um perfume, de um aconchego.

Por uma música, sambo de alegria ou choro de melancolia. A saudade também pode ser tocada por texturas, cores e tramas. Nesse espaço vago entre o ontem e o hoje memórias se constroem. Talvez, numa velocidade de flash maior do que há alguns meses, quando se existia uma rotina pautada antes da pandemia.

Guardar olhares, sorrisos, sensações, sons e aromas ganhou uma proporção maior. Se não fosse isso tudo, o dilúvio da pandemia, a saudade continuaria sendo só aquela saudade gostosa na maioria das vezes, com um toque de gratidão. Mas, hoje, ela é a Senhora Saudade, misturada com o sentimento da nostalgia de uma vida ameaçada por um vírus devastador. Surge também de algo que não se viveu e se escorreu pelos dedos.

Na solitude do isolamento, ela ganhou uma nova proporção. Sua presença pode ser sentida em questão de minutos, horas e dias, em diferentes formas e contextos. A saudade agora reforça que não se vive sem abraço e um “bom dia” com sorriso no rosto faz toda diferença. Ela valoriza coisas que, um dia, sepá, já foram abafadas pelo frenesi de uma rotina.

Ela vem agora pra dizer e reforçar que só se vive uma vez e, que, por mais que as memórias lhe dão o seu sentido, só com o presente pode se construir uma saudade eterna e viajar por tantas outras vidas. S2

E você, que gosto te traz a saudade nesses tempos de distanciamento?

2 comentários em “Saudade na pandemia”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s