Mãe na real, Pausa para um papo

Como nós, mães, podemos nos colocar diante do desmatamento no Pantanal e na Amazônia

Imagem do Pantanal por @sospantanal

Há umas duas semanas escrevi sobre atitudes no dia a dia que podem ensinar crianças sobre ecologia. O fato é que este tema tem martelado bastante a minha cabeça e, nitidamente, a do mundo, né? Afinal, com dois nossos maiores biomas ameaçados, precisamos falar, gritar, agir contra esse mal que tem destruído nossas florestas.

Quando nos tornamos mães, queremos deixar um mundo melhor aos filhos. Repensamos com mais profundidade nos nossos hábitos, no impacto do nosso trabalho na vida das pessoas e nas nossas ações de uma forma geral. E essas últimas semanas em especial, com as notícias sobre os desmatamentos no Pantanal, a sensibilidade com a mãe terra cambaleia a cada olhada de tela.

Apesar de ser paulistana, vivi a infância inteira na terra do Pantanal. Tomei muito banho de cachoeira, pulei muito em rio, escalei muita árvore. Posso garantir com propriedade a teoria de especialistas de que crianças que convivem com a natureza são realmente felizes! Diante desse cenário do desmatamento desenfreado, se tem uma pergunta que não paro de fazer, bem no “gringês” mesmo (já que o vexame é internacional), é: what the fuck is this!??

O Pantanal vive a pior seca dos últimos 47 anos. De 1 janeiro até o dia 13 de setembro, mais de 2,9 milhões de hectares queimados por lá, o que equivale 19% do bioma no Brasil ou 19 cidades de São Paulo.
Uma das regiões mais afetadas é o Porto Jofre, onde tem o Parque Estadual Encontro das Águas, lugar que reúne a maior concentração de onças pintadas do mundo. O local já teve mais de 84% devastado pelo fogo.

A principal causa é o agronegócio na região. Práticas ilegais da agropecuária tem acontecido bem abaixo dos olhos de quem deveria fiscalizar (orçamento para brigadistas florestais é reduzido em 58% pelo governo, leia aqui). Segundo o Instituto SOS Pantanal, cerca de 15% da área foi convertida em pastagem.
Sabemos que não precisa desmatar para matar a fome de mais de 800 milhões de pessoas no mundo e abastecer a geladeira de 8 milhões de crianças no Brasil que não têm o que comer por causa da pandemia — já que a agricultura familiar orgânica não consegue comportar toda essa demanda.

O que é preciso ser feito então? Um dos caminhos é claro: investir em tecnologias para que a produção dos alimentos se torne cada vez mais sustentável e que o nosso solo, completamente intoxicado, volte a respirar e produzir alimento sem precisar ser envenenado.

Qual o impacto do desmatamento da Amazônia e do Pantanal na nossa vida e na das nossas crianças?

A fauna e a flora não são as únicas afetadas, vidas humanas também estão em jogo. Cerca de 500 bebês foram internados por conta da fumaça das queimadas na Amazônia até agora. Essa nuvem tóxica aumentou em 65% as internações hospitalares na Amazônia e no Pantanal.

E o que nós mães vamos fazer? Se enfiar embaixo da terra com nossos filhos? Dá vontade. Mas, por enquanto, a vida rola aqui em cima, né não? Com essa realidade, cabe a nós buscar informações seguras e fazer o que estiver ao nosso alcance, se engajando em causas ligadas à preservação dos biomas.

Siga páginas como @fridaysforfuturebrasil (clica aqui para conhecer), que não só traz conteúdo informativo sobre questões ambientais como também os movimentos que estão rolando no Brasil e na América Latina. Inclua na sua lista para seguir @casaninjaamazonia e @sospantanal e @socioambiental. E, na dúvida das informações que chegam até você, cheque em sites como paremasfakenews.com.br

Estas páginas mostram tudo que vem acontecendo e as ações para combater as ameaças à biodiversidade.
O futuro das nossas crianças não pode ser ameaçado por irresponsabilidade e ganância alheias. Vamos dar respostas à elas com fundamentos e prepará-las para que cresçam conscientes e se tornem agentes de mudança.💕

2 comentários em “Como nós, mães, podemos nos colocar diante do desmatamento no Pantanal e na Amazônia”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s