6 coisas para tornar o quarto um ambiente feliz

6 coisas para tornar o quarto um ambiente feliz

Cada espaço da casa tem uma função no nosso dia a dia, mas só o quarto tem o grande papel de fazer a gente desligar o cérebro e relaxar de verdade. Por isso, deixar este cômodo com o máximo de aconchego é um presente à nossa saúde e ao bem-estar. Lá vão algumas ideias de como deixá-lo um ambiente mais feliz e acolhedor! Se tiver mais dicas, fique avonts pra compartilhar com agente 🙂 !

Paredes que reverberam a paz

Pode ser que você adore cores fortes e vibrantes para o ambiente assim como eu, mas, no quarto, a regra-máxima é lançar mão de cores suaves que transmitem tranqüilidade e conduzem ao relaxamento como nuances de amarelo, lilás, rosa, azul…

Celular fica de fora

Todo dia é possível se deparar com um artigo enfatizando as causas prejudiciais do uso em excesso do celular. Entre os malefícios estão as relações físicas cada vez mais frias e distantes, sem contar os sintomas de ansiedade e depressão que este aparelho aparentemente inofensivo pode culminar. Então, substitua o celular por um bom livro antes de dormir e irá perceber que é a melhor troca que você poderá fazer.

Longe da telona

Sei que às vezes tudo que a gente mais quer é assistir TV na cama e, embora este hábito seja cada vez mais comum, nós sabemos que as telas emitem luz azul que atrapalha a produção de melatonina, hormônio do sono. Então que tal deixar para assistir TV na sala ou investir em projetor portátil para aqueles dias em que você quer mais é fazer o que tá afim?!

Janela sem luz externa

Nada como uma persiana ou cortina que impedem a entrada de luz e sons externos. No quarto, a escuridão é fundamental para ajudar no sono reparador. A poluição tanto sonora quanto luminosa das casas ao redor podem atrapalhar o seu ritmo circadiano (período de cerca de 24 horas sobre o qual o nosso ciclo biológico se baseia).

Iluminação que traz aconchego

E se você é do tipo que precisa de o mínimo de luz no quarto, uma iluminação de leve amarela pode cair bem para ajudar a pegar no sono. Para o abajur de cabeceira, invista nesse tipo de luz tranqüilizadora que, para mim, é um sonífero.

Conforto extra

Se você não é alérgico, vale apostar em uma tapeçaria de estilo para complementar a sensação de quarto confortável e acolhedor ;).

Inspire-se no conceito de vida “hygge”

Inspire-se no conceito de vida “hygge”

Vocês já ouviram falar em hygge? É um estilo de vida que surgiu na Escandinávia e ganhou destaque depois que países como Noruega e Dinamarca foram considerados as nações mais felizes pelo relatório anual da ONU (Organizações das Nações Unidas). E, embora o termo hygge seja traduzido como “acolhedor” ou “aconchego”, é praticamente impossível definir esse conceito em uma ou duas palavras, afinal, se trata de atitudes que acontecem de maneira orgânica dentro da cultura nórdica. O hygge (pronuncia-se “rîgue”, ou “hu-ga”) está nos pequenos detalhes do dia a dia desse povo e vai desde curtir a lareira em uma noite fria com uma taça de vinho até comer biscoites caseiros, ler um livro sem pressa, curtir a família e os amigos em casa. Aliás, curtir o lar doce lar é que os escandinavos mais sabem fazer já que durante grande parte do ano é inverno por lá e eles têm apenas quatro horas de sol por dia sendo que as temperaturas médias giram em torno de 0ºC. Por isso, as pessoas passam mais tempo dentro de casa do que na rua e mesmo quando o clima não é congelante elas gostam de se reunir em casa, fazer refeições e aproveitar momentos em grupo.

E para quem não conhecia e gostou dessa forma de “interpretar a vida”, arranjar cantos aconchegantes, simples e acolhedores pode ser um bom começo para adotar o hygge.

Foto por Alex Geerts/ Unsplash
Bolo de banana saudável com nozes e uvas-passas

Receita de bolo de banana para curtir uma tarda em casa ao estilo hygge:

  • 5 bananas do tipo nanica;
  • 3 ovos;
  • duas xícaras de farinha de aveia;
  • uma xícara de óleo faltando um dedo para completar;
  • um colher de chá de canela;
  • uma xícara de uvas-passas;
  • uma xícara de nozes;
  • uma colhe de sopa de fermento.

Bata no liquidificador as bananas, os ovos, o óleo e meia xícara de uvas-passas. Depois, acrescente a farinha de aveia e a canela e bata novamente. Por último, coloque o restante das uvas-passas, as nozes e o fermento, misture bem com a colher. Um dica: você pode cobrir com pedaços de banana e nozes. Leve ao forno por 180º C por cerca de 35 a 45 minutos (dependendo do forno).

Livros para conhecer melhor a cultura dos escandinavos e a forma despretensiosa como levam a vida:

  • Crianças Dinamarquesas, de Jessica Joelle Alexander e Iben Dissing Sandahl. Já li e inclusive escrevi sobre ele aqui no blog. Simplesmente maravilhoso!
  • O Livro do Hygge. Esse está na minha lista de novas leituras 🙂

Curiosidades sobre a palavra hygge:

  • O termo surgiu de uma palavra norueguesa que significa “bem-estar”.
  • A escrita apareceu pela primeira vez em dinamarquês no século 19 e a partir de então evoluiu para a ideia cultural que se conhece hoje em dia em países como Dinamarca e na Noruega.
Brincando de casinha no jardim

Brincando de casinha no jardim

Hoje o post dessa seção que eu amor tem sabor de infância! Quando eu era criança, sonhava com uma casa na árvore. Baseada nessa minha vontade de criança, selecionei casas tanto no jardim quanto em árvores para liberarmos a imaginação junto com os kids. E aí, o que acharam? Vocês também tinha esse sonho como eu? Bjux.

 

Casa na árvore, by Country Living
Casa de madeira para o descanso
Cabana na árvore
Casa de madeira moderna para brincar
Que tal parar para tomar um lanche ao ar livre?
Hoje o ‘menu’ do dia é muita diversão!
É hora da festa!
Pinterest
Com um quê de casa de vó
Abra as portas para as cores

Abra as portas para as cores

Oi, genteemm!

Hoje é domingo e a máquina aqui não para hahahaha. Enton, hoje é dia de falar de assunto relex que eu amo: decoração. que, com cores, para mim, é um casamento perfeito!

Sempre gosto de observar portas pelos lugares que vou. Elas podem dizer muito sobre quem está por trás delas, vocês nãp acham. E andando pelo Pinterest encontrei várias, uma mais linda que a outra. Vejam vocês e depois me dizem o que acham! Bjux

Pinterest

 

Pinterest
Pinterest
Pinterest
Pinterest
Pinterest
Pinterest
Pinterest

 

Cozinhas azuis

Cozinhas azuis

Tenho fascínio pelas nuances do azul, e isso é desde criança! Amo também decoração, um gosto que conquistei quando fui trabalhar com revistas do segmento. Assim como a moda, olhar e buscar belezas e referências enchem o nosso imaginário de encanto e quem não gosta de respirar coisas que inspiram?

Para dar star na seção Décor, pensei em começar com o ambiente da casa que, se bobear, é o meu predileto: a cozinha? Essa queda por este espaço da casa é porque gosto de comer, estar com as pessoas enquanto preparo algo. É um ambiente que agrega, típico das famílias italianas. E sempre que vejo um projeto quero saber como é a cozinha, pois, para mim, esse espaço diz muito sobre os donos da casa, assim como os demais ambientes, mas a cozinha… tem aroma de amor e acolhimento. Concordam? Separei, aqui, alguns projetos deste lugar perfumado de afeto com vários tons da paleta azul para deixar o fim de semana de vocês mais ainda inspirador. Bom proveito!

cozinha-emyly-henderson

 

http://www.houseandgarden.co.uk

 

Imagem: BHG
Imagem: Pinterest
Imagem: Pinterest
A decoração Instagram

A decoração Instagram

Espaços “arejados”, coloridos e com plantas; móveis atuais e que se adequam à nossa posição de trabalho; áreas de lazer e jogos… Alternativas como estas em grandes empresas e startups está cada vez mais comum, e os colaboradores, por sua vez, recebem essa prática de braços abertos rs. As empresas que lançam mão desses recursos acreditam se tratar de investimentos para valorizar seus colaboradores e, por consequência, ganhar em produtividade. Fala que só de olhar espaços assim já tá valendo? A matriz do Instagram em Manhattan ganhou cara nova, e a concepção é assinada por nada menos que o icônico  Frank Gehry. Vejam só:

 

Foto por Jonathan Pilkington; cortesia do Instagram
Fotografia por Jonathan Pilkington; cortesia do Instagram