Como atrair boas energias para o Ano-Novo

Imagem de Pinterest

Fim do ano chegou e tudo o que a gente quer é entrar em 2022 com tudo! Nunca foi tão necessário renovar as esperanças e acreditar que no ano que vem tudo será melhor. Então, acompanhe meu bate-papo com a terapeuta holística Sol Veira e que venha 2022! Preparadas? Só se for já! 

1-     Qual a influência da energia do lar nos demais campos da vida?

A energia do lar influencia em todos os campos de nossa vida. É em nosso lar que sofremos o processo de reposição de nossas energias. Por esse motivo precisamos ter um local acolhedor, aconchegante, de paz e tranquilidade. Podemos dizer que nosso lar é nosso carregador de bateria. Se o carregador não funciona bem, a bateria descarrega antes da hora e não conseguimos produzir com eficácia, haverá falha em nosso sistema.

Assim, para que tenhamos um bom desempenho profissional, bons relacionamentos familiares e sociais, precisamos cuidar do nosso ninho, da nossa casa, pois ela é o centro de tudo. Quando você cuida da sua casa com carinho, você sente necessidade de cuidar de você também.

É um ciclo complementar, se você não está bem, não cuida bem da casa. Por isso você precisa cuidar de você para fazer do seu corpo o seu templo sagrado e da sua casa sua morada segura. Cuidado, porque esse ciclo cria energia boa ou ruim e ela contagia todas as pessoas, plantas e até os animais que ali vivem. 

Da mesma forma que temos o poder de fazer tudo dar errado, precisamos entender que temos o mesmo poder para fazer dar tudo certo com a mesma força e só mudar de frequência, mudando nossos pensamentos e sentimentos.

Em 2022, esse ciclo fica muito mais forte e caso você não valorize, sua casa e sua família, a tendência é de brigas, separações, dificuldades em conviver com a família, com os amigos e com os colegas de trabalho.

 

2-     O que é necessário para que os planos saiam do papel e se realizem em 2022?

Em primeiro lugar os planos precisam ser escritos e colocados no papel literalmente com riqueza de detalhes. Quando você escreve seu objetivo você já está materializando aquele sonho e sua mente fica livre e liberada para receber as intuições dos próximos passos para concretizá-lo na vida material.  

A materialização do objetivo se dá quando você imagina, sem sombra de dúvidas, que o objetivo já foi alcançado e sente a satisfação e alegria do dever cumprido e tudo isso se dá no momento em que você está escrevendo. É nesse momento que você “cocria” na 4ª Dimensão aquilo que precisa ser materializado na 3ª. Dimensão, que é a que nós vivemos. 

Dessa forma, você primeiro “cocria”, tendo a certeza de que está pronto, porque de fato está, a única diferença é que você ainda não consegue ver que está. À medida que você escreve os próximos passos para se alcançar o objetivo e vai obedecendo e cumprindo as ações necessárias sem ansiedade, pressa ou dúvidas, quando você menos esperar, já alcançou a materialização. 

3-     O que é preciso fazer para atrair boas energias em 2022?

Para atrair boas energias em 2022, será necessário ter muita paciência e, principalmente, não cair em brigas, discussões, desentendimentos e etc. Esse ano não será pacífico, teremos sensação de que as pessoas não estão se entendendo, será propício para revoluções, guerras e conflitos, com vários momentos de tensão, radicalismo e de prejuízos. 

O que poderá ser evitado caso você se mantenha na introspecção com a análise do que está vivenciando e trabalhe o mental a fim de eliminar seu senso de crítica e julgamento, entendendo que as pessoas são o que são e nada podemos fazer para mudar isso. Portanto, não se iluda.

Use 2022 para crescer, aproveite o primeiro trimestre para:

1-     Focar em você;

2-     Ter muito claro o que quer para sua vida — tenha um propósito;

3-      Valorizar quem realmente é importante para você, não crie mais ilusões a respeito das pessoas para não se deixar enganar;

4-     Determinar sua espiritualidade e praticar o espiritual;

5-     Libertar-se do passado;

6-     Não procrastinar, não se permita viver na estagnação;

7-     Caminhar dentro da necessidade de encontrar novos caminhos;

8-     Criar gentileza, amor. É só uma questão de treino;

9- Determinar: Eu quero, eu posso, eu mereço e sou grata! – convença-se disso, repetindo diariamente essas frases;

10- Ficar atento às finanças, dedicando mais tempo a elas;

11- Criar o hábito de limpar sua energia com banhos de ervas, usar cristais, incensos e dar mais atenção às fases da lua para suas práticas e conexão com o Divino.

Aqueles que buscam crescimento e evolução estando com esses aspectos acima citados bem definidos obterão a conquista já no segundo trimestre de 2022.  Mas, não se deixe abater pelo medo, tome cuidado prestando atenção em tudo. 

Esse novo ano vem para nos ensinar a entender o poder interior que temos.

 

4-     Quais elementos podemos incluir na casa para atrair energias positivas?

Para atrair bons fluídos em 2022 podemos incluir em nossa casa objetos que nos remetem a sensações boas, tais como fotos de locais, paisagens etc. Por exemplo: Se você gosta e se sente bem na praia, coloque conchas em locais estratégicos da casa e quando olhar para elas a sensação fluirá. 

As plantas sempre trazem bons fluídos, assim como os aromas com incensos, velas aromáticas, aromatizador de ambientes. O alecrim é excelente para atrair alegria, o boldo a paz, a alfazema para proteção, a arruda para limpeza energética e mau olhado. E um copo com água e sal grosso na porta de entrada (do lado esquerdo de quem entra) é ótimo para retirar as energias ruins de quem vem da rua (precisa trocar uma vez por semana).

Evite as cores vermelho e marrom, e também as notícias ruins da televisão. O melhor é colocar uma boa música no ambiente para mantê-lo com serenidade. 

5-     Que ritual podemos colocar em prática para atrair boas energias?

O ritual mais eficaz, considerando o Feng Shui, é você colocar sua verdadeira intenção em cada um dos objetos colocados na casa para atrair bons fluídos, abençoando e agradecendo as sensações que irão atrair e de preferência sempre na lua crescente ou cheia, nunca na lua minguante.

Por exemplo: Coloco essa concha (ou cristal ou foto…) aqui nesse móvel para que ela me traga, toda vez que eu a olhar, a sensação maravilhosa que senti quando estive em contato com a praia, por isso abençoo esta concha e agradeço. Que assim seja, porque assim é!

6-     2021 foi um ano difícil por conta do impacto da pandemia, como você acha que será 2022, ainda sofreremos o reflexo da pandemia? O que podemos fazer para abrir os caminhos?

Creio que os reflexos da pandemia ainda terão efeitos por um bom tempo. Por se tratar de um ano que não será pacífico, dada a numerologia e astrologia, tudo indica que ainda sofreremos com perdas. 

Para abrir os caminhos somente mudando nossos pensamentos e sentimentos com relação às pessoas, criando mais sentimento de amor, gentileza, generosidade, confiança em si próprio, autoestima, gratidão etc.

 

7-     Como fazer os pedidos da virada do ano?

Importante lembrar que nessa virada de ano será de lua minguante, portanto, precisamos ter cuidado com os pedidos. A lua minguante é banimento, ela tira, subtrai tudo que almejamos durante o seu curso. Por isso, sugiro que, ao invés de pedir prosperidade, amor e alegria, mude a forma de pedir e peça para banir toda pobreza, dívidas, doenças, medos, sofrimentos, solidão, falta de amor, energias ruins, pessoas que já não fazem sentido estarem na sua vida, enfim, para tirar tudo que seja ruim.

Os desafios de cada signo em 2020 com base no Tarot e na Astrologia

Oi gente, tudo bem?

Estamos aqui para presentear vocês com uma previsão detalhada deste ano, preparada por minha amiga taróloga e astróloga Ivana Traversim (@ivanatraversim). Ela utilizou toda sua sabedoria com as cartas e os astros pra mostrar o que 2020 promete! Vejam o texto abaixo assinado por ela e acompanhem os caminhos e os desafios de cada signo. Ficaremos também felizes se comentarem por aqui 🙂 ! Bj bj

Tarot de Anna Maria d’Onofrio, publicado por II Meneghello

Valorizando o que é importante 

Veja o que as cartas do Tarot aconselham para o seu signo em 2020 — e abrace suas resoluções de ano com a ajuda do Universo

Por Ivana Traversim

Chegou  2020.  Como  nos  anos  anteriores,  fazemos  um  balanço  dos  últimos meses,  nos  comprometendo  a  corrigir  velhos  hábitos  e  estabelecendo estratégias  para  conquistar  nossos  objetivos  —  e  de  quebra  nos  tornar pessoas  melhores.

Mas  muitas  dessas  resoluções  de  início  de  ano  acabam  perdendo  força  com o  passar  dos  dias  e,  de  novo,  nos  vemos  lutando  com  questões  recorrentes. Isso  ocorre  porque,  mais  do  que  fazer  promessas,  é  preciso  ajustar  nosso foco  para  enxergar  as  lições  que  estão  à  espera  de  aprendizado.

Nesse  trabalho  de  autoconhecimento,  o  Tarot  pode  ser  um  instrumento  de grande  valor.  Claro  que  não  é  o  único.  Mas  ele  nos  fornece  insights  quase imediatos,  mostrando  caminhos  para  nos  aproximar,  cada  vez  mais,  de  quem somos  e  da  vida  que  desejamos  ter.

Cabe  a  nós  reordenar  os  pensamentos  e  tomar  atitudes  que  promovam   essa  evolução.  Acompanhe,  a  seguir,  as  recomendações  dos  Arcanos  para  os 12  signos  do  Zodíaco.  Descubra  seus  desafios  e  sua  força  em  2020  —  e comece  já  a  arrumar  a  casa.

 

TODOS: A Roda da Fortuna

O  eixo  Capricórnio-Câncer  continuará  preponderante  em  2020.  Dois  eclipses  (21 de  junho  e  5  de  julho)  vão  ocorrer  nesse  eixo,  encerrando  a  lição  que  vem  sendo oferecida  desde  2019:  o  equilíbrio  entre  o  social  e  o  privado,  entre  o  que  somos  na intimidade  e  o  que  somos  publicamente.  Câncer  rege  a  casa  e  a  família,  enquanto Capricórnio  prioriza  a  carreira  e  as  ambições  materiais.  Os  dois  últimos  eclipses  (30 de  novembro  e  14  de  dezembro)  serão  no  eixo  Gêmeos-Sagitário,  que  rege  o conhecimento,  quando  poderemos  avaliar  se  lidamos  bem  com  as  lições abordadas  durante  o  ano.

A  carta  que  se  apresenta,  não  por  acaso,  é  a  Roda  da  Fortuna.  Esse  Arcano corrobora  a  mensagem  da  Astrologia:  se  incorporarmos  os  aprendizados,  teremos a  oportunidade  de  iniciar  um  ciclo  novo  positivo,  cujos  efeitos  se  prolongarão  por muito  tempo.  Aceitar  o  fluxo  contínuo  da  vida  e,  se  for  o  caso,  alterar  nossas prioridades  (tudo  bem,  faz  parte  da  vida)  são  ações  importantes.  Se  recusarmos  a seguir  o  movimento  e  não  tivermos  jogo  de  cintura  para  lidar  com  as  mudanças, haverá  estagnação  —  e  provavelmente  precisaremos  repetir  a  lição.

ÁRIES: A Lua.

(de 21 de março a 20 de abril)

Neste ano, o ariano será convidado a usar a intuição. Como sua motivação básica é o impulso para a frente, está sempre fazendo planos e encabeçando projetos. Só que é difícil definir um rumo quando os caminhos não estão claros. Mas o ano poderá ser mágico se frear reações automáticas e aprender a ouvir a voz interior, separando o real do imaginário. Porque vai, de fato, deparar com situações em que precisará ver além das aparências, de coisas e pessoas.
Desafios: superar medos, ordenar os pensamentos e não desistir de objetivos.
Força: criatividade, forte intuição e espírito empreendedor.
Foco: direção.

TOURO: O Mago.

(de 21 de abril a 20 de maio)

Será um bom ano para o taurino dedicar-se a seus sonhos. Ele saberá exatamente o que fazer e, de fato, terá o poder de realizar o que deseja: uma renda regular e um relacionamento estável. Em outras palavras, a confiança e a veia empreendedora do taurino estarão em alta. Mas, para dar certo, precisará esquecer as desilusões e investir no desenvolvimento de suas habilidades (em vez de achar que o que sabe já basta). Atenção: a sedução como meio de conquista não leva a caminhos seguros.
Desafios: não buscar atalhos e comprometer-se com seus objetivos.
Força: talentos de sobra e capacidade de fazer muito o que já possui.
Foco: autonomia.

GÊMEOS: A Força.

(de 21 de maio a 20 de junho)

O ano presenteará o geminiano com convicção. Embora seja excelente na argumentação (sabe um pouco de tudo), deverá ter cuidado para não exagerar e acabar entrando em batalhas verbais. Não custa lembrar que empatia e gentileza são mais poderosas no convencimento do que atitudes agressivas. Se mantiver a calma, investigar com profundidade os assuntos e não forçar situações (e pessoas), a vida vai acontecer naturalmente e as longas esperas valerão a pena.
Desafios: desacelerar, ser paciente e vencer dependências de todos os tipos.
Força: versatilidade, curiosidade e capacidade de análise.
Foco:autocontrole.

CÂNCER: A Estrela.

(de 21 de junho a 21 de julho)

A energia deste ano trará renovação ao canceriano. Isso significa que, após tempos de dificuldades e fragilidade emocional, sua estrela voltará a brilhar, trazendo a esperança de algo novo acontecendo. Mais consciente da realidade, poderá encontrar a solução para problemas aparentemente insolúveis. E, conforme o canceriano se curar, vai curar os outros também. Precisará, porém, ter segurança para arriscarem território desconhecido, na direção de seus desejos em relação a família, casamento e filhos.
Desafios: não idealizar, permanecer positivo e confiar na providência do Universo.
Força: autoaceitação, tenacidade e paranormalidade.
Foco: regeneração.

LEÃO: A Temperança.

(de 22 de julho a 22 de agosto)

O ano trará uma energia de harmonia ao leonino. Ou seja, onde houver disfunções poderá haver equilíbrio. Para isso se concretizar, no entanto, será importante cultivar a paciência e a moderação. O leonino deverá compreender, finalmente, que a habilidade de resolver conflitos — tão importante tratando-se do rei da floresta — não passa por reações extremadas. Uma vez comprometido consigo mesmo e com os outros, terá o domínio de todas as áreas, numa verdadeira alquimia.
Desafios: separar o joio do trigo, ter tolerância e controlar os excessos.
Força: coragem, generosidade e capacidade de organização.
Foco: equilíbrio.

VIRGEM: A Torre.

(de 23 de agosto a 22 de setembro)

Neste ano o virginiano terá a oportunidade de reconstruir algo cuja base está deteriorada. Precisará, no entanto, fazer ajustes no dia a dia para acomodar novos arranjos e formas de pensamento. Isso causará um pouco de caos, mas será para o bem do virginiano, que estará com energia para deixar para trás pessoas e situações problemáticas. Importante: cada interrupção deve ser contraposta com um avanço na direção dos desejos. Ao final, ficará claro que as mudanças foram libertadoras.
Desafios: não se abandonar à sorte e não fingir que nada está acontecendo.
Força: capacidade de executar tarefas e de esclarecer situações confusas.
Foco: reestruturação.

LIBRA: O Eremita.

(de 23 de setembro a 22 de outubro)

O ano oferecerá ao libriano uma perspectiva diferente das coisas. Por mais que evite ficar sozinho, desta vez será preciso certo recolhimento e distanciamento para refletir sobre tudo que tem ocorrido na sua vida. A paz e a harmonia tão buscadas pelo libriano só virão quando conseguir olhar para dentro e resolver antigos conflitos entre desejos e necessidades. Importante: não deve se sentir sozinho, porque um caminho muito mais sólido se abrirá depois que tomar as decisões necessárias.
Desafios: aprender com erros do passado e posicionar-se com firmeza.
Força:
prudência, capacidade de avaliação e espírito de cooperação.
Foco: sabedoria.

ESCORPIÃO: O Julgamento.

(de 23 de outubro a 21 de novembro)

Este vai ser um ano de recomeço para o escorpiano. A transformação será profunda e com potencial de redefinir tudo, principalmente as áreas que estavam negligenciadas. Para isso é importante fazer as pazes consigo mesmo e já ir limpando a casa: perdoar-se de erros do passado, finalizar o que for preciso e abrir-se para o novo. O mediúnico escorpiano vai sentir o chamado. Conectando-se a essa força espiritual, terá a coragem necessária para transformar a vida e renascer mais forte e sábio.
Desafios: conter a inquietação, valorizar o que tem ebuscar conexão espiritual.
Força:
capacidade de renascer, garra e determinação.
Foco: renascimento.

SAGITÁRIO: Os Enamorados.

(de 22 de novembro a 21 de dezembro)

Será o ano do compromisso para o sagitariano. Deverá estar atento às parcerias (afetivas e profissionais), examinando como se comunica com o outro e se as trocas são igualitárias. Quanto mais imparciais os julgamentos, com genuína compreensão, mais bem-sucedidos serão os negócios e as relações, ainda que precise negociar novas regras. O sagitariano é bom em pensar grande. Deverá empregar esse talento para fazer escolhas que tragam prazer às suasiniciativas.
Desafios: dualidade das situações, inquietação e imparcialidade.
Força:
entusiasmo, senso de humor e poder de união.
Foco: comunicação.

CAPRICÓRNIO: O Diabo.

(de 22 de dezembro a 20 de janeiro)

Neste ano o capricorniano será convidado a encarar seu lado sombrio. Deverá refletir sobre atitudes negativas e, num grau elevado, obsessões, vícios e desejos de vingança. Sempre lutando por mais e melhor, vira e mexe ele questiona o que tem, mas não percebe que a origem de muitos problemas e arrependimentos pode estar na vaidade. Mas, uma vez ligado a valores elevados, terá sucesso e abundância. Afinal, o verdadeiro poder é saber quem somos e quais são nossos bloqueios e limitações.
Desafios:
fazer escolhas sábias e encarar sentimentos negativos.
Força:
determinação, inteligência e capacidade de transpor obstáculos.
Foco:
responsabilidade.

AQUÁRIO: O Louco.

(de 21 de janeiro a 19 de fevereiro)

Este ano traz ao aquariano a leveza de um caminho novo. Haverá uma sensação de novidade, preenchida com alegrias simples e também com coragem de expandir os horizontes, explorar novos lugares e fazer coisas que nunca fez. Para isso, precisará levar adiante o discurso de independência, mas sem correr riscos inúteis e sem desprezar responsabilidades. Os portais estão abertos para o aquariano, cujos olhos brilham quando se trata de quebrar o padrão, realizar mudanças importantes.
Desafios: seguir seu coração sem duvidar de si mesmo e pisar nos medos.
Força:
otimismo, originalidade e versatilidade.
Foco: iniciativa.

PEIXES: O Papa.

(de 20 de fevereiro a 20 de março)

Neste ano o pisciano vai ampliar seu conhecimento. Vale fazer cursos de todos os tipos, principalmente os ligados às belas-artes. Daí a chance de aumentar o círculo de amigos e encontrar um grupo com o qual tenha mais afinidade. O importante é abrir-se para as múltiplas trocas do Universo. Trocas igualitárias, diga-se de passagem, porque esse é o caminho para uma vida gratificante e plena. Ao compartilharsua sabedoria e alimentar o espírito, o Universo retribuirá com progresso social e individual.
Desafios: ampliar horizontes, revelar talentos e lidar com o lado prático da vida.
Força:
inteligência, tolerância e apoio da infinitiva sabedoria do Universo.
Foco: educação.

 

Por Ivana Traversim