Mãe na real, Pausa para um papo

Como se planejar com as finanças na crise

Imagem Unsplash

Momentos de incertezas acontecem muitas vezes sem hora marcada pra chegar. A atual crise por qual o mundo passa tem deixado a gente com dúvidas e inseguranças, inclusive a financeira. Se programar e manter o controle dos gastos é um caminho de certo alívio. Falei com Diego Maia, consultor de finanças pessoas da Plano, e ele deu alguns dicas pra gente não desesperar com as contas.

1// NÃO CONTRAIA DÍVIDAS DE EMPRÉSTIMOS

Seja de bancos ou particular e de preferência não fazer nenhum tipo de compras parceladas. Já que isso compromete os próximos meses e o futuro ainda é muito incerto.

2// MANTENHA UM PLANEJAMENTO COM OU SEM CRISE

“Essa é uma ferramenta que auxilia na tomada de decisão mais assertiva”, diz Diego, que destaca que os aspectos mais importantes de um planejamento de orçamento são:

– Mapeamento de todas as previsões financeiras (receitas, despesas fixas e variáveis, dívidas e parcelamentos);
– Linha do tempo mínima de 12 meses. Desse modo, se o mês fecha no negativo é possível então enxergar em quanto tempo esse “ciclo” se encerra e qual o tamanho dos esforços necessários para sair do negativo.

3// CONTROLE OS IMPULSOS

 Segundo o especialista em finanças, nós brasileiros temos enraizado na nossa cultura o imediatismo, isso atrapalha demais no controle e direcionamento de um orçamento. “Deixar de consumir coisas menos importantes vale também para todos os momentos”, observa Diego. Ele diz que a expressão que mais esclarece essa situação é “mas é só mais um cafezinho”. “Se fizermos as contas das economias em cafezinhos por dia durante 10 anos os valores são muito mais expressivos”, diz.

4// FIQUE ATENTA À EDUCAÇÃO ALIMENTAR DOS FILHOS

Se você acostumar a criança a consumir muitas besteiras como biscoitos recheados, salgadinhos e doces a conta do mercado no fim do mês ficará mais alta.  Outro ponto é habituá-la com as melhores marcas, “em um momento como o que vivemos agora fica mais difícil adaptar ao ‘mais barato’”, analisa.

5// COLOQUE EM PRÁTICA O QUE APRENDEU

“O melhor investimento que existe é o conhecimento, porém devemos ter cuidado para não assumir a condição de ‘obesidade intelectual’, ou seja, ter todos os aprendizados possíveis sobre finanças e não utilizá-los”, conclui o consultor financeiro Diego Maia.

 

 

Pausa para um papo, Sem categoria

5 apps para tornar a sua vida financeira mais eficiente

Foto por Emma Matthews Digital Content Production para Unsplash

Quem aí faz aquela lista básica dos gastos mensais? Eu sou dessas já faz alguns anos. A planilha no excel me ajudou a ter disciplina com o dinheiro e a me planejar melhor. Só que tempos atrás meu computador, já velinho, decidiu não funcionar mais. Tudo bem que depois de dez anos eu já esperava por esse fim e entre as preocupações na hora foi como eu iria ter o controle dos meus gastos dos próximos dias sem a planilha do excel? Se fosse antigamente eu anotaria nem que fosse no papel de pão mas não ficaria sem o controle dos gastos diários, só que a tecnologia está aí na nossa cara pra mostrar que a vida pode ser muito mais simples do que imaginamos. Buscando por apps de controle financeiro para baixar no celular, encontrei vários, uns bons e outros nem tanto. Práticos, você consegue anotar na hora o que consumiu, sem ter que ficar guardando comprovante das coisas que passou no cartão — o meio ambiente agradece por isso. Vou deixar aqui a relação dos que mais gostei. E se você é do tipo que não anota nada agora não tem mais desculpas pra não registrar mais o cafezinho com as amigas ou o sorvete do domingo com os kids, hein!

Minhas Economias: esse é o app que utilizo pra anotar meus gastos. Gosto porque ele apresenta as despesas em forma de gráfico de pizza e consigo fazer uma comparação mais clara. Ele mostra também o quanto teve de redução de saídas no mês nesse mesmo formato de gráfico.

Money Care: simples de utilizar, disponibiliza algumas categorias, destacadas em cores diferentes, pra ajudar na organização do dia a dia. Embora eu tenha achado interessante logo de cara, testei esse por pouco tempo. Mas fica a dica 😉

Organizze: o legal desse app é que você consegue criar suas metas, além de ter um balanço de despesas e receitas. Um ponto que não gostei foi que ele possibilita cadastrar cartões de crédito e sempre fico meio cismada quando uma ferramenta gratuita solicita muitos dados…

Money Manager: bastante intuitivo, permite personalizar as categorias de gastos com stickers bem legais. Quem curte um design diferente vai gostar dessa opção. A notícia chata é que não encontrei essa opção para Iphone. Se você procurar para Android, o logo do app é um cofre de porco amarelo com uma moeda. Convenci uma amiga de que ela tinha que usar um app de controle financeiro e ela está amando esse hahaha.

Contrôle de Despesas Diárias: achei a ferramenta mais simples pra quem está começando a controlar as finanças. Permite encontrar a fonte de custo mais alto e revisar os gastos de forma bem prática. Também possibilita personalizar os tipos de consumo.

Me diz o que achou e também vou amar se você conhecer alguma ferramenta dessas que veio pra ajudar na organização financeira e puder compartilhar!